Quinta-feira, 6 de Dezembro de 2007

Companhia e Solidão

É bastante curioso o que por vezes acontece
Podemos estar rodeados de pessoas e estarmos a sentir solidão
Ouvem-se vozes, conversa-se dialoga-se e ao mesmo tempo sentimos que estamos sozinhos
Mas é um sozinho de não se estar com quem se deseja
Uma vontade de nos sentirmos complementados o sabermos como poderemos estar complementados mas não o conseguirmos fazer
É assim que estamos acompanhados e sozinhos ao mesmo tempo
Podemos até estar a conversar a resolver assuntos, a trabalhar e estar tudo a correr como desejamos, mas se paramos um pouco para pensar apenas em nós sentimos que estamos sós.
Não um só por opção ou abandono de quem nós desejamos que nos rodeie mas um só por não estarmos com quem desejamos.
Quando isto escrevi estava só rodeado por muita gente
Acontece quando se sente mais a falta

publicado por ZePedro às 17:24
link do post | pensamentos vossos | favorito
12 comentários:
De anohah a 6 de Dezembro de 2007 às 17:39
sinto isso muitas mas mesmo muitas vezes...
De FlordeLis a 10 de Dezembro de 2007 às 08:46
E quando falas comigo sentes isso tambem... ?

De Anónimo a 12 de Dezembro de 2007 às 18:41
A vida é feita de desencontros, fala-se muito, com muita gente e facilmente são esquecidos, talvez, aqueles que nos fazem falta na realidade... vem ao nosso encontro a solidão, ou talvez não... são opções... cada um de nós tem de se encontrar, eu sinto-me só mas nunca desisto de procurar a outra parte aquela que me completa, as desilusões trazem a tristeza e a solidão mas acredito que existe ainda alguém que me complete algures, vou continuar a procurar, a sonhar e a relembrar bons momentos vividos...é esse o segredo da vida.
Lucinda3uhcc
De Blue Days a 13 de Junho de 2008 às 16:57
Como é fácil encontrar quem partilha dos mesmos sentimentos e angustias que nós, mas como é dificil encontrar alguem que possa suprimi-las...
Maria
De Anónimo a 13 de Dezembro de 2007 às 10:59
Solidão, Existem pessoas Estrelas e pessoas Cometas. Os Cometas passam. Apenas são lembrados pelas datas que passam nas nossas vidas. As estrelas permanecem. Assim como o Sol. Passam anos, e nas nossas vidas as Estrelas são sempre lembradas e permanecem . Há muita gente Cometa, gente que passa na nossa vida por instantes, gente que não prende ninguém e a ninguém se prende. Gente sem amigos, gente que nunca ilumina a nossa vida, que não nos aquece , nem marca presença, O Importante é ser Estrela. Estar junto. Ser Luz e Calor, ser vida. Amigo é ser Estrela. Podem passar anos, podem surgir distâncias, mas a marca fica no coração. e assim a solidão nunca nos acontece. Os Cometas, já conheci alguns, passam rapidamente nas nossas vidas, até me chamaram "Linda", e fogem. Todos os dias me olho ao espelho e continuo a achar-me LINDA apesar do cometa ter desaparecido e as minhas estrelas que sempre me acompanham confirmam que sou LINDA. Mantenho as minhas Estrelas e esqueço os cometas que me esquecem. É a recompensa da vida, manter as nossas estrelas, assim nunca sentimos solidão, sentimos calor, luz e amizade, é bom saber que nascemos vivemos e não somente existimos. Este é um conselho, se me é permitido dar.
De O Mar e amar a 13 de Dezembro de 2007 às 18:58
Muitas vezes é na solidão k encontro kem preciso. O estar só é-me necessário para sentir realmente a ausência de kem me faz falta. No meio de muita gente a distracção do k nos é alheio ajuda-nos a eskecer momentaneamente o nosso estar, a nossa solidão, a necessidade da companhia k keremos e k não temos, mas é também no refúgio de uma música, ou de um olhar sobre o mar k me consigo aproximar de ti e ter-te um pouco mais perto de mim.
Simplesmente é a saudade...

Até
De Anónimo a 14 de Dezembro de 2007 às 10:46


Até...!!!
De Vi a 15 de Dezembro de 2007 às 19:25
Também eu sinto o mesmo, também eu estou acompanhada mas ao mesmo tempo muito só... sinto a falta do "TU"
De Anonimo a 17 de Dezembro de 2007 às 16:59
A solidão muitas (se não na maioria das vezes...) é uma opção própria. Não damos o devido valor a quem nos rodeia...não nos recordamos das palávras de amizade proferidas...mas que afinal não passavam de formas "balofas" de tentar TER uma determinada pessoa

Quem é verdadeiro e puro nos seus sentimentos de amizade...NUNCA mas mesmo nunca está só...perdoa....procura...encontra....Mas depois há quem tudo queira e no fundo...no fundo....nada tenha. Tenho momentos de solidão como qualquer pessoa...mas sei que basta um olá...e estarei logo em companhia

Tudo se constói...o que se semeia...colhe-se. Não se pode pedir a ningém aquilo que não se sabe dar....e sabes muito bem aquilo a que me refiro...

Para sempre A.....
De Anónimo a 10 de Setembro de 2009 às 14:39
Quem lhe terá feito tanta maldade?
Quem será?
Sabe que por vezes julgamos os outros à nossa imagem?
As palavras e actos BALOFOS de TER uma pessoa, não terá sido sua?
Para reflectir...
De Maria Luís a 21 de Fevereiro de 2008 às 00:22
já escrevi no meu blogue sobre a solidão versus isolamento. A primeira faz com que nos sintamos insignificantes, um grão de pó. O segundo, quando voluntário, obriga-nos a uma viagem ao âmago de nós mesmos. Por vezes, é necessário um certo isolamento, mesmo que isso implique solidão, para que nos consigamos encontrar no embrulhado dos acontecimentos vários das nossas vidas. Para depois renascermos, renovados, com maior consciência do valor do nosso "eu", para podermos enfrentar sem reservas e de peito aberto tudo o que se nos apresentar pela frente.
De Rita a 25 de Fevereiro de 2008 às 16:38
Olhar para todos os lados e não ver ninguém, quando na verdade estamos no meio de uma multidão.

É isto que me leva a querer estar realmente sozinha...

Sozinha. Fecho os olhos... Pois é nestes momentos de solidão que te encontro, que me encontro, que nos encontro.... E acredito que está tudo bem. Descanso. Estou feliz.

...

Volto a abrir os olhos. A multidão está lá. E eu estou de novo sozinha.

Comentar post

.mais sobre mim

.pesquisar

 

.Maio 2010

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
11
12
13
14
15
16
17
18
19
20
21
22
23
24
25
26
27
28
29
30
31

.pensamentos recentes

. Desejar e querer

. Dia de lembrar o primeiro...

. Dependencias

. Escutas Telefónicas

. Indignação

. Dia Mundial do Beijo

. Desodorizantes

. Escrita

. Cena do quotidiano

. Horários

.arquivos

. Maio 2010

. Abril 2010

. Fevereiro 2008

. Janeiro 2008

. Dezembro 2007

. Novembro 2007

. Abril 2007

. Março 2007

. Fevereiro 2007

. Janeiro 2007

. Dezembro 2006

. Novembro 2006

. Outubro 2006

. Setembro 2006

. Agosto 2006

. Julho 2006

.Locais com imenso interesse

blogs SAPO

.subscrever feeds