Sexta-feira, 30 de Março de 2007

A vontade de escrever

Não sei qual a razão mas desde há alguns dias que associo a escrita destes textos aqui ás redacções que fazia em tempos quando andava no liceu ou mesmo na escola primária.
 
Quando havia um tema a coisa ainda se fazia, mas quando era dado um tema livre para mim era o diabo era sempre um problema arranjar um tema para a redacção.
 
Gosto imenso de escrever mas tem que existir algo, o chamado clique, que vai despoletar todo o processo de escrita, pode ser uma imagem, pode ser uma palavra ou então uma situação.
 
Tenho andado com vontade de escrever mas tem faltado essa motivação que provoca o início, as ideias bailam-me na cabeça mas nenhuma delas acaba por ter a força suficiente para se transformar em palavras com sentido, nexo ou continuidade.
 
Já ouvi falar no bloqueio do escritor que quer escrever mas em que as palavras se enrolam e não fazem nexo, creio que me deve ter acontecido algo de semelhante embora não tenha a veleidade de me considerar escritor.
 
Mas as ideias querem sair mas não se encontram com as palavras e isso acaba sempre por se reflectir numa pausa, mas pausa para quem lê pois para quem escreve é uma série de textos iniciados e abandonados pois não agradam a quem escreve.
 
Sim porque qualquer texto tem que agradar em primeiro lugar a quem os escreve pois o agradar a quem os possa ler é apenas uma consequência indirecta do prazer de quem escreveu.
 
Gostei de escrever…
Terça-feira, 13 de Março de 2007

A música o sol e a água

Existem diversas coisas que fazem com que o meu estado de espírito fique mais atento ou dito de outra maneira existem estímulos que fazem com que possa pensar com mais clareza e sem distracções.
 
A música é uma delas, por vezes quando oiço uma certa musica, e não é necessário ser sempre a mesma, vem à memória um episódio e a partir daí é possível pensar apenas e só numa situação, seja ela qual for, sem que exista uma outra qualquer distracção.
 
É de tal modo que se vou a conduzir existe a enorme probabilidade de seguir um caminho que não o que deveria seguir dado a que a condução passa a ser apenas automática sem ter em conta o caminho a seguir.
 
O sol para mim é fundamental, pois sentindo o calor que ele emana dá para absorver parte da energia, não que eu tenha nenhuma placa solar, mas acaba por dar força e concentração e acaba por ajudar a que possam ser tomadas decisões, mas o sol só faz efeito se estiver parado a absorver, em movimento acaba por se perder a energia que ele emana.
 
A água e como expressão da água, o mar, este sim nas suas múltiplas formas potencia todo e qualquer sentimento quer seja com uma calma e placidez quer seja com a energia das ondas a bater.
 
Era dito em tempos que existiam, no tempo dos alquimistas os quatro elementos fundamentais que eram a terra, o ar, a água e o fogo mas para mim os elementos fundamentais são três aqueles que escrevi acima.

.mais sobre mim

.pesquisar

 

.Maio 2010

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
11
12
13
14
15
16
17
18
19
20
21
22
23
24
25
26
27
28
29
30
31

.pensamentos recentes

. Desejar e querer

. Dia de lembrar o primeiro...

. Dependencias

. Escutas Telefónicas

. Indignação

. Dia Mundial do Beijo

. Desodorizantes

. Escrita

. Cena do quotidiano

. Horários

.arquivos

. Maio 2010

. Abril 2010

. Fevereiro 2008

. Janeiro 2008

. Dezembro 2007

. Novembro 2007

. Abril 2007

. Março 2007

. Fevereiro 2007

. Janeiro 2007

. Dezembro 2006

. Novembro 2006

. Outubro 2006

. Setembro 2006

. Agosto 2006

. Julho 2006

.Locais com imenso interesse

blogs SAPO

.subscrever feeds