Terça-feira, 5 de Setembro de 2006

Toques

Nestas férias passou-se uma situação comigo que me deixou a pensar e muito

Estava na fila (para não dizer bicha e ser mal interpretado) de um parque temático, mais propriamente a Disneyland de Paris (seguirá em breve um post sobre parques temáticos), e qual não é o meu espanto quando sinto por detrás de mim o toque de um seio nas minhas costas.

Pensando que seria um mero acidente cheguei-me um pouco mais à frente para por fim ao toque e virei-me de lado para poder observar quem me teria tocado.

Verifico que era uma mulher (verdade do senhor de La Palisse) na casa dos quarenta perfeitamente normal no trajar roupas largas e desportivas apropriadas ao local, com um corpo e uma cara perfeitamente normais sem nenhum factor digno de registo, italiana, acompanhada pelo que presumo o marido e um filho adolescente.

Depois de ter tirado este retrato pensei, um simples acidente de percurso nada me indica que tivesse sido propositado o toque.

A fila andou mais um pouco e ao parar sinto de novo o toque.

Afasto-me um pouco para sentir como seria a reacção.

Quando volto a parar passado menos de 15 segundos sou tocado de novo.

Aí tive a certeza que não era acidente.

Ao longo dos 10 minutos mais que durou a fila continuou o jogo do toque sempre que podia proporcionava-o e era sempre correspondido.

Tentei ver alguma expressão na cara dela ou em algum gesto mas nada uma face impenetrável.

Apenas notei (eu estava apenas de T shirt) o que eu imagino um endurecer do bico do seio.

Depois de muito pensar só encontrei um paralelo no prazer que eu e os meus amigos na adolescência tínhamos ao andar de autocarro e de metro de tentar tocar partes do corpo de mulheres e raparigas interessantes sem elas darem por isso ou pelo menos sem nos darem com a mala ou com a mão em cima.

Mas agora o tocar com uma parte do corpo da qual pode advir prazer nunca tinha chegado a esse ponto.

Isto só me faz lembrar algo que se passou comigo nos meus verdes 18 anos quando estive com uma nina que atingiu o orgasmo apenas através do meu toque nos seios dela isso fez-me cá uma confusão na altura (não havia Internet para pesquisar na altura o que me faz pensar será que estou a ficar tipo Matusalem?)

Agora sei que isso é possível será que era isso que a senhora desejava?

Como existem muitos dignos membros do sexo feminino que me lêem gostava de ter a vossa opinião.

 

sinto-me : Curioso
música: Parisienne walkways - Gary Moore
publicado por ZePedro às 14:42
link do post | pensamentos vossos | favorito
53 comentários:
De FlordeLis a 5 de Setembro de 2006 às 15:11
Que te puderei dizer,meu amigo?
Mesmo que nao fosse intencional,soube-lhe bem,pelo que vieste a constatar, e uma situação à vista de todos mas que ninguém vê,torna-se verdadeiramente excitante... ahahahahah.. nao concordas comigo?
e já agora... em ti,causou alguma reacção??

De ZePedro a 5 de Setembro de 2006 às 16:38
Pois deve-lhe ter sabido bem dado a que foi insistindo e visto desse prisma que não era o meu no momento concordo que deva ter sido excitante para ela.
Mas respondendo ao teu desafio depois de ter tomado consciencia do que se estava a passar tambem me senti excitado o que me valeu é que os calções eram bem largos.....
De madalena a 5 de Setembro de 2006 às 15:28
Começo por aproveitar a pergunta da mensageira: e tu gostaste???? eheheheh tu realmente não existes! Recordas-te daquela conversa de algumas pessoas serem especiais?Talvez aí esteja a resposta.Quem sabe se a primeira vez que ela te tocou foi sem querer?Mas depois, olha, gostou e quem sabe pensou: seria óptimo ter agora e aqui um orgasmo sem que ninguém percebesse!E se assim foi ela cumpriu na perfeição o papel porque dizes que nem a expressão facial dela se alterou....
Eu já tive experiências idênticas e acredita....é muito bom....Para além do gozo pelo gozo em si, o saber que os outrso não perceberam nada.Também já tive uma experiência em que um sujeito me cumprimentou com dois beijos na cara, normal e passado segundos teve um orgasmo....Confesso que fiquei atrapalhada lol Mas tocar e ser tocado de uma forma geral é muito bom.Eu adoro ser tocada (onde não vou dizer) e tocar também.E pronto, vou-me calar por ora, também não estou para grandes conversas hoje....
Bjokas gandes
Madalena
De ZePedro a 5 de Setembro de 2006 às 16:43
Por acaso até gostei foi uma experiencia nova para mim assim com alguem desconhecido.
E por acaso existo mesmo se porventura tiveres duvidas poderemos marcar para beliscares e teres a certeza mas nada de outros avanços que este é um blog de respeito.
E gostei que partilhasses essas experiencias pois assim aumento o meu conhecimento das mulheres algo que eu acho extremamente fascinante
Beijos de obrigado
De Alguém a 5 de Setembro de 2006 às 15:38
Apenas um breve comentário. Se com o sexo masculino isso acontece, a um simples toque a erecção ser visivel mesmo numas calças de ganga, também nós, as mulheres, podemos ter um prazer tal k, sem mostrar qualquer tipo de reacção na face, possamos estar a gozar na maior.
De ZePedro a 5 de Setembro de 2006 às 16:45
Pois podem podem mas teem uma vantagem sobre nós os homens conseguem faze-lo sem que mais ninguem dê conta do que se passa e ñós os homens somos traidos pela alteração do volume.
Mas por outro lado expressamos sem palavras o que sentimos...
De Ana a 5 de Setembro de 2006 às 16:22
Tu és sem dúvida especial e com um poder de observação incrível , a maioria das pessoas se calhar nem se aperceberia desse tipo de situação.
Pode acontecer a senhora ter começado por se encostar em ti sem querer e depois ter continuado como tu para ver no que iria dar, parece me que os dois se estavam a prestar a um joguinho que sem dúvida proporcionou aos dois algum prazer, o dela visível através do endurecer do mamilo maroto e tu? Fiquei curiosa.
Mas esse tipo de situação pode realmente acontecer , quantas vezes ao olhar para alguém que achamos interessante não imaginamos o prazer que se sentiria com um pequeno toque.
E mesmo sem estar na presença, só com o pensamento imaginar o toque de alguém para nós muito especial, ui que arrepio...até parece que sinto o toque, só por estar a escrever sobre o assunto fiquei...
És único
Beijos
Ana
De ZePedro a 5 de Setembro de 2006 às 16:52
Gosto de observar e muito mas não serei unico nem assim tão especial.
Na realidade acabou por ser uma espécie de jogo nem previsto nem planeado mas bem interessante foi pena que não pudesse ter tido continuação isso sim seria bem interessante mas isso daria um outro post.
E é verdade a imaginação de algo bem agradavel sem mesmo mais nada pode provocar sensações extraordinárias
Beijos
De Maeve a 5 de Setembro de 2006 às 16:25
Isso é a magia do toque...
O toque, muitas vezes sem o percebermos, é uma das nossas maiores armas de sedução e de prazer...

Sê bem vindo
De ZePedro a 5 de Setembro de 2006 às 16:55
Conheço e adoro a magia do toque mas não numa situação assim apenas mais em privado ou com quem já conheça mas o toque no local certo é algo de sublime
Beijos para ti
De Vera a 5 de Setembro de 2006 às 17:35
Bem... quem não gosta de tocar, ser tocado? Sem dúvida que foi uma situação caricata, mas aposto que gostaste! Pelo menos não esqueceste! Mas enfim... o toque é um dos nossos 5 sentidos. Primeiro ela deve ter usado a visão, não resistiu, usou o olfacto... cheiravas bem... e não podendo usar ali mais nada... olha, passou ao toque com a mamoca... Assim de leve, como se fosse sem querer... Aposto que mais ninguém notou! Mulherzinha esperta!!!
De ZePedro a 6 de Setembro de 2006 às 10:47
Tocar e ser tocado é mesmo do melhor que pode existir
Mas adorei a descrição que fizestes do eventual pensamento da italiana, seria assim que tu pensarias?
E serias capaz de fazer algo de semelhante?
Beijos muito curiosos
De Vera a 6 de Setembro de 2006 às 15:10
Bem JP... n me estou a imaginar a seduzir alguém com toques de mamas... Sou um bocadinho mais... atrevida! Talvez um apalpão no rabiosque, aqueles olhares sexys, uma língua a passar discretamente nos lábios húmidos!!! (Enfim... a teoria sei-a toda!)
De Vera a 6 de Setembro de 2006 às 15:10
Bem JP... n me estou a imaginar a seduzir alguém com toques de mamas... Sou um bocadinho mais... atrevida! Talvez um apalpão no rabiosque, aqueles olhares sexys, uma língua a passar discretamente nos lábios húmidos!!! (Enfim... a teoria sei-a toda!)
De ZePedro a 6 de Setembro de 2006 às 16:33
Foi a duplicar mas tudo bem
Mas ao menos fiquei a saber que és atrevida isso já aumentou o meu conhecimento de ti
E tambem que sabes a teoria toda
Quando passas isso á pratica para eu ver???
Beijos expectantes
De Vera a 6 de Setembro de 2006 às 16:51
Não tenho nada de atrevida, só sei mesmo a teoria toda! Mas assim que passar à prática... logo vês! ***
De ZePedro a 6 de Setembro de 2006 às 16:55
Promessa interessante
Vou ficar á espera
Mas não desejo ficar com teias de aranha....
Beijos
De FlordeLis a 5 de Setembro de 2006 às 17:43
E já agora Zé Pedro... porque é que não tentas tomar tu uma iniciativa semelhante,hum?
Nunca se sabe como serao as reacções...

De ZePedro a 6 de Setembro de 2006 às 10:52
Sabes a reacção que eu me lembro assim de imediato é de uma mão na minha cara ou de uma mala na minha cabeça.
Mas poderei sempre tentar uma abordagem discreta não sei é onde nem com quem mas vou pensar nisso
Se o fizer depois te direi
Beijo a pensar como vai ser
De Cristal a 5 de Setembro de 2006 às 18:55
Vim cuscar o teu blog um bocadito e olha fez-me rir, bem precisava, olha já não há mulheres como antigamente.. mas não me digas que não gostaste???
É mesmo bom quando queremos seduzir alguem e sentimos que não nos ficam indiferentes... ups nem se devia dizer ...mas já disse.
Beijokas e bom regresso.
De ZePedro a 6 de Setembro de 2006 às 10:55
Gosto que venhas cuscar e neste momento ainda gosto mais que consigas rir se o fiz fico muito satisfeito.
E posso dizer que gostei isso é verdade e um dia destes ainda me explicarás como são as mulheres do antigamente.
E tal como tu dissestes seduzir e saber que somos correspondidos é uma delicia
Beijos para ti
De Cristal a 7 de Setembro de 2006 às 08:18
Bem ...... como antigamente é como as vezes ouço ,
neste caso era minha mãe e as minhas tias , de vez em quando lá se punham a contar os seus namoricos ou as suas seduções .... achas que eu sou uma mulher como antigamente?????
Estás bem enganadinho.... um dia destes encontro-te na rua e vais ver ahahha.
Beijos.
De Cristal a 7 de Setembro de 2006 às 08:20
Tenho um pedido a fazer..... pode ser????
Vou-te linkar no meu blog , sim ou não?
De ZePedro a 7 de Setembro de 2006 às 08:54
Podes linkar sim, isso é apenas sinal que achas que mais alguem poderá gostar de me ler
Força
De ZePedro a 7 de Setembro de 2006 às 08:52
O como antigamente tem muito que se lhe diga...
Muito acontecia tambem, só que não era assim tão divulgado....
Como tu és não sei poderei fazer cá uma ideia muito minha mas não passará por ora de conjecturas.
Mas prometo que vou estar atento para o caso de andar na rua e vir um cristal a brilhar a olhar fixamente para mim....
Beijos curiosos
De Cristal a 7 de Setembro de 2006 às 17:56
Vamos ter um pequeno problema .... mas fácil de resolver.
Tens que andar com uma placa ao peito senão como vai ser... não posso perguntar a todos os homens..
desculpe é o Zé Pedro.
Beijos... e já agora placa azul dá mais na vista.
De ZePedro a 8 de Setembro de 2006 às 09:03
Apenas tenho que corrigir a cor da placa se for cor de laranja é bem mais visivil dizem os estudos dos técnicos entendidos mas como já vi que gostas de azul uma azul farei
Entra em vigor na segunda feira...
Beijos
De Cristal a 9 de Setembro de 2006 às 08:11
Já na segunda feira????????
Pois ...... mas a placa terá que ser gigante temos 320 kms a separar-nos (+ ou -) acho eu hahahah.
Beijo
De ZePedro a 11 de Setembro de 2006 às 09:04
A distancia nunca é nada mais do que um detalhe, tudo acontece quando se deseja e tudo se quer e nada é urgente, por isso a placa está feita
Beijo colorido
De Cristal a 11 de Setembro de 2006 às 14:05
Boa tarde..... agora é que me pusestes sem palavras....
Beijos ..... só em azul.
De ZePedro a 11 de Setembro de 2006 às 15:22
Nunca fiques sem palavras se pensares encontras a palavra certa para o momento certo
E já que gostas de azul aqui vai um beijo bem azul para ti
De Cristal a 12 de Setembro de 2006 às 15:31
Tenho andado lerdita..... confesso.
Palavra certa .... deixa pensar, depois digo pode ser???
Azul ui cor mais linda do mundo... mar, céu, clube...
ele a pensar esta é mesmo tripeira...ahahahah
Beijos para ti.... falta saber a tua côr.
De ZePedro a 13 de Setembro de 2006 às 08:59
A minha cor?
Não tenho uma cor, as cores para mim teem a ver com o que me rodeia e com o estado de espirito nada mais.
Clube tambem não tenho nenhum os desportos que mais gosto não teem clubes e as cores variam imenso.
Mas em relação ao mar e ao céu concordo contigo esse azul é mesmo o máximo mas dependendo do estar e do sentir qualquer cor pode ser maravilhosa
Beijo da cor do arco iris
De Cristal a 14 de Setembro de 2006 às 10:02
Arco Iris?????
Então muitos beijos com cor do arco iris .....
podiam por doutra côr.
De ZePedro a 14 de Setembro de 2006 às 13:23
O beijo quando dado pode por qualquer um de muitas cores, depende como é dado e como é sentido
beijos da cor que desejares
De Lobaaaaaaaaaaaaaa a 5 de Setembro de 2006 às 21:47
Eu sou muito mulher! Mas, sinceramente, não tenho a resposta para essa situação inovadora.

Realmente, só lhe posso dizer que há gente capaz de tudo!

O que me intriga é o descaramento. Não estava a dita senhora acompanhada por familiares muito próximos? Não estava num local público?

Será que o João Pedro tem as 'costas largas'? ahahahahahah (desculpa mas saiu-me esta).

É melhor silenciar-me... já estou a 'disparatar'.

(Espero que o seu estudo de mercado tenha sucesso e depois não se esqueça de publicar as concluões a que chegou, combinado? É que também fiquei curiosa... realmente... isto há razões que a razão desconhece).

[Beijos]
De ZePedro a 6 de Setembro de 2006 às 11:36
Pois sempre presumi que serias muito mulher
E tambem que nunca terás tido uma iniciativa semelhante
Descaramento tem a ver com mais pessoas a notar se é apenas entre duas pessoas não lhe chamaria descaramento mas sim atrevimento
E tenho que te corrigir sou José Pedro e não João Pedro. Será que existe algum João Pedro que te faz ter pensamentos atrevidos? Por vezes esses lapsos assim o indicam.
E isto não é um estudo de mercado mas apenas uma espécie de inquerito e as opiniões aqui ficam para serem partilhadas
E para rematar não li nenhum disparate
Beijos
De Lobaaaaaaaaaaaa a 6 de Setembro de 2006 às 18:29
Por acaso não houve nenhum João Pedro na minha vida... que me tenha deixado Hummm...

Sabe, eu é que sou mesmo taralhoca e troco os nomes de toda a gente...

Um dia escrevo sobre isso. Dá um post divertido... ahahahhaha

[Beijos]

P.S. Posso linka-lo?
De ZePedro a 7 de Setembro de 2006 às 08:57
Pois mas ainda pode ser que venha a haver ou então com um outro nome já que taralhoucamente dizes que os nomes trocas...
E apenas trocas os nomes? Agora fiquei para o muito curioso.
Gostava mesmo de ler o relato dessas situações mas aguardarei serenamente.
E sim, terei muito gosto em estar Desigualmente linkado
Beijos agora com link
De Lobaaaaaaaaaa a 7 de Setembro de 2006 às 09:48
Claro que troco muita coisa...

Troco de roupa todos os dias, troco de carro, troco telefones, e-mails, troco dinheiro por géneros, etc, etc, etc...

Satisfeito?

[Beijos]
De ZePedro a 7 de Setembro de 2006 às 11:07
Satisfeito com a parte do etc pois assim posso dar largas á imaginação....
Beijos imaginativos
De Lobaaaaaaaaaaaa a 5 de Setembro de 2006 às 22:00
Voltei porque me esqueci de lhe responder a umas questões que me colocou desigualmente...

1º Piercing ... roçando na ganga... hummm (quase melhor que um orgasmo, dizem...ehehehe)

2º Sms... aconteceram mesmo... a primeira foi sincera, senti-o. A segunda, foi mesmo devido ao meu tom de voz (voz de bagaço, digo eu... eheheheh)

3º Janelas são fixes... eu passo muito tempo em frente a uma... felizmente... e reparo em muita coisa...

[Beijos]
De ZePedro a 6 de Setembro de 2006 às 11:43
Já que aqui foram respondidas e não apenas desigualmente algo tenho a acrescentar.
Essa do piercing roçando será um dizem ou o resultado de uma experiencia pessoal? Fico na dúvida....
SMS e voz, a chamada voz de bagaço pode ser algo de extremamente sensual e diria mesmo mais que deverá ter sido esse o efeito que a voz provocou tendo em conta a insistencia...
Talvez um dia possa eu vir a ter, sem ser por engano, o previlégio de a ouvir.
Observadora como eu um dia teremos que comparar notas da observação simultanea de um acontecimento
Beijos observadores
De Lobaaaaaaa a 6 de Setembro de 2006 às 18:33
José Pedro (agora não me enganei no seu nome...ahahahah)

Fique na dúvida!

Fique na dúvida, por enquanto.

Convite? Agora fico eu na dúvida.

[Beijos]



De ZePedro a 7 de Setembro de 2006 às 09:01
Fico na duvida sim mas gostei de ler o na duvida por enquanto, é algo que indicia um eventual esclarecimento da mesma pois não obstante a dúvida ser um instrumento de saber tal como diria creio eu Descartes o esclarecimento da mesma é algo sempre interessante.
E podes ficar na duvida mais um pouco pois a resposta á duvida escrita já está se encontrares ficas esclarecida se não encontrares esclarecer-te-ei.
Beijos enigmáticos
De Lobaaaaaaaaaa a 7 de Setembro de 2006 às 09:50
Olhe, na dúvida mantenho o charme!

[Beijos]
De Lobaaaaaaaaaaa a 7 de Setembro de 2006 às 10:29
José Pedro, gostaria muito que tentasse descrever o meu desenho... gostaria de saber se consegue identificar o que eu estava a ver naquele momento.

Creio que se soubesse o que estava a ver, talvez entenda melhor o que escrevi... e até onde vai a simplicidade e começa a complexidade.

Naquele texto é preciso saber interpretar as poucas palavras... dar sentido a elas todas juntas.

Eu depois lhe direi o que estava a ver e como interpretei o que vi.

[Beijos]
De ZePedro a 7 de Setembro de 2006 às 11:14
O charme...
A eterna arma eficiente das mulheres
Para a qual ainda não existe defesa

Comentar post

.mais sobre mim

.pesquisar

 

.Maio 2010

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
11
12
13
14
15
16
17
18
19
20
21
22
23
24
25
26
27
28
29
30
31

.pensamentos recentes

. Desejar e querer

. Dia de lembrar o primeiro...

. Dependencias

. Escutas Telefónicas

. Indignação

. Dia Mundial do Beijo

. Desodorizantes

. Escrita

. Cena do quotidiano

. Horários

.arquivos

. Maio 2010

. Abril 2010

. Fevereiro 2008

. Janeiro 2008

. Dezembro 2007

. Novembro 2007

. Abril 2007

. Março 2007

. Fevereiro 2007

. Janeiro 2007

. Dezembro 2006

. Novembro 2006

. Outubro 2006

. Setembro 2006

. Agosto 2006

. Julho 2006

.Locais com imenso interesse

blogs SAPO

.subscrever feeds