Quarta-feira, 18 de Outubro de 2006

Distância

A distância é algo que se associa a uma medida física a metros a quilómetros mas que muitas vezes nada tem a ver com isso.

A distância pode ser também a medida da proximidade mas quando se fala em proximidade já nem sempre se associa a uma grandeza física mas também a algo mais emocional.

As palavras com dualidade física e emocional fascinam-me.

Pois de acordo com o contexto podem ser muito diferentes e podemos expressar um modo de estar que se for lido fisicamente é completamente diferente.

Dando dois exemplos:

Duas pessoas que sentem algo de bem intenso uma pela outra podem estar a centenas de quilómetros de distância, distantes fisicamente, mas ao mesmo tempo próximos muito próximos mesmo como se tocassem.

Outras duas pessoas que se encontram que até se tocam num cumprimento cordial estão próximas mas no sentir distantes como se cada uma delas estivesse num dos pólos da terra.

Por isso o que é que vale numa palavra?

O sentido puro e duro do significado?

Ou o contexto do sentir?

Tudo vale e tudo pode ser usado, cabe apenas ao receptor sentir o sentido das palavras, pois se o sente estará em sintonia com o emissor e aí as palavras não teem dualidade, serão apenas um mero instrumento para exprimir uma parte de um pensamento.

Sim porque um pensar e um sentir nunca conseguem ser completamente expressos em palavras.

Por isso e mantendo a fascinação pelas palavras, quero conhece-las, e ao mesmo tempo quem as emite, mas sem dualidades mas apenas pelo que exprimem.

sinto-me : como se não existisse longe
música: Problemas de expressão - Clã
publicado por ZePedro às 13:58
link do post | pensamentos vossos | favorito
13 comentários:
De Madalena a 18 de Outubro de 2006 às 14:42
Distância para mim só mesmo em termos de metros ou quilómetros, porque emocionalmente, na minha opinião só existe na cabeça de algumas pessoas.
Concordo quando dizes, por palavras tuas, que quantas e quantas vezes estamos próximos fisicamente de uma pessoa e tão longe a nível emocional, assim como o contrário. Pessoas que sentimos tão perto de nós, que quase chegamos ao ponto de lhes sentir o seu odor característico e que estão do outro lado do mundo.
O importante é o sentir, muito mais que o dizer. Pode-se falar com os olhos, com as mãos, sem se pronunciar uma só palavra.
A mim pessoalmente fascina-me quando consigo estar próximo de alguém especial, mesmo que essa pessoa esteja longe ou que passem meses em que não a veja fisicamente.
Penso que esta capacidade nem todos terão, mas digo-vos muito modestamente e sem querer parecer pretenciosa, felizes aqueles que a têm, porque estar próximo sem estar, dizer sem falar assim como sentir sem tocar é das coisas melhores que nos pode acontecer na vida. Eu tenho essa sorte, felizmente.
Gostei particularmente deste post.
Bjokas
Madalena
De ZePedro a 20 de Outubro de 2006 às 09:08
Dizia o poeta em relação a um sentir
"Não há longe nem distancia..."
Por isso sentir é sentir
Estar longe não o é
Beijo
De Paula a 18 de Outubro de 2006 às 15:02
... Cada dia q passa em nossas vidas,passa só,pois cada pessoa é unica
e nenhuma substitui a outra.
Cada um q passa em nossa vida,passa sozinho,mas não vai só,nem nos deixa só...
Leva um pouco de nós,deixa um pouco d si.Há os q levaram muito,mas ha
os q não deixaram nada... Esta é a maior responsabilidade d nossas
vidas, e a prova d que duas almas ñ se encontram por acaso... é por isso que quando duas almas se reconhecem sentem.... no verdadeiro significado do sentir.
Beijos (azuis)
De ZePedro a 20 de Outubro de 2006 às 09:10
Sentem sim e de um modo que não se consegue explicar de modo nenhum mas quue marca e não nos deixa nada indiferentes
Beijos em azul
De Maria Alfacinha a 19 de Outubro de 2006 às 13:02
A distância física não me aflige. Pode ser difícil de suportar mas não me dói. A outra... essa é bem pior :-)

Beijo sem distãncia
De ZePedro a 20 de Outubro de 2006 às 09:12
A distancia não fisica quando não desejada é dos piores sentires que podemos ter
Beijo perto
De Ana a 19 de Outubro de 2006 às 16:57
A pouco tempo escrevi a uma pessoa de que gosto muito um pequeno texto em que expressei tudo o que se sente, quanto se gosta de uma forma intensa mesmo à distância, não importa os Km que os separam, basta deixar fluir o pensamento, fechar os olhos e voar.
O cheiro, o calor de uma mão, o aperto de um abraço, o sabor e calor de um beijo, quando existe aquele click entre duas pessoas está presente é quase fisico.
Do longe se faz perto e do perto se pode estar tão longe...
A distância fisica não é o que mais determina ou marca uma vida, essa com maior ou menor facilidade vamos superando, agora a distância aparente, o distanciamento de pensamento pode marcar profundamente.
Gosto de te ler como sempre, não sei se fui muito clara no meu raciocinio.
Beijos
Ana
De ZePedro a 20 de Outubro de 2006 às 09:29
Sabes muitas vezes só depois de tempos passados se detectam diferenças no sentir e no pensar e basta um click de sinal contrario para que um abismo enorme se crie entre algo que poderia ter estado proximo, os clicks apenas são esclarecedores e podem ter muitas consequencias
Espero ter complementado as tuas palavras
Beijo
De FlordeLis a 20 de Outubro de 2006 às 22:32
A distância implica um sofrimento, quando se está longe de quem amamos mas também sei que não se apagam sentimentos muito fortes dessa forma. Engana-se quem acha que a distância resolve muita coisa e que o tempo apaga tudo... o tempo apaga sentimentos que pensamos que sentíamos mas que no fundo não eram reais, mas os verdadeiros ficam e doem. E nem sempre a distancia é nossa inimiga, por vezes é preciso estarmos longe para percebermos quanta falta alguém que nos está tão próximo, nos faz quando se afasta...

De ZePedro a 23 de Outubro de 2006 às 16:57
A distancia não é só sofrimento
É tambem a prova que se gosta
O teste final
E o reencontro é algo de maravilhoso
Beijos
De Angelzita a 21 de Outubro de 2006 às 17:22
Este post a mim toca-me particularmente porque o sinto como o meu modus vivendi . A distância nada representa desde que se sinta intensamente...mas a proximidade muito pode ferir e magoar quando esse sentir não existe ou já desabou...

Tudo se resume a poucas palávras : sentir intensamente; partilhar sempre que se pode toda e qualquer palávra que nos vem à mente (não deixar para amanhã...porque já pode ser tarde); mimar muito quem mesmo longe está no nosso sentir; nunca desistir de sentir (mesmo quando nos parece quase impossível) e muito mas mesmo muito importante deixar "cair barreiras"....

Sentir ultrapassa a distância...é mais potente que a velocidade da luz e mantem o brilho sempre presente

Beijos próximos
Angela
De ZePedro a 23 de Outubro de 2006 às 16:43
A distancia é algo de fisico apenas
A distancia não impede nem nunca vai impedir o sentir quando ele é verdadeiro e reciproco.
Basta fechar os olhos e sentir.
Basta ligar para ouvir
Basta mandar umas palavras para expressar
Tantos meios temos
E tambem a distancia se anula
E nesse momento sente-se sente-se intensamente
Beijos ao teu lado
De Maria Luis a 27 de Fevereiro de 2008 às 01:44
Mesmo à distância, sentimentos puros podem desabrochar. Eu sei que sim. Mesmo à distância, tenho tido o previlégio de sentir verdadeiras amizades, de sentir algum deslumbramento também. A expressão "longe da vista, longe do coração" não se aplica em mim, de modo algum e ainda bem que não se aplica a muitas pessoas também, senão não teria o previlégio de conhecer algumas especiais.

Comentar post

.mais sobre mim

.pesquisar

 

.Maio 2010

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
11
12
13
14
15
16
17
18
19
20
21
22
23
24
25
26
27
28
29
30
31

.pensamentos recentes

. Desejar e querer

. Dia de lembrar o primeiro...

. Dependencias

. Escutas Telefónicas

. Indignação

. Dia Mundial do Beijo

. Desodorizantes

. Escrita

. Cena do quotidiano

. Horários

.arquivos

. Maio 2010

. Abril 2010

. Fevereiro 2008

. Janeiro 2008

. Dezembro 2007

. Novembro 2007

. Abril 2007

. Março 2007

. Fevereiro 2007

. Janeiro 2007

. Dezembro 2006

. Novembro 2006

. Outubro 2006

. Setembro 2006

. Agosto 2006

. Julho 2006

.Locais com imenso interesse

blogs SAPO

.subscrever feeds